Medicina Tradicional Chinesa


    A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é uma arte de cura de origem milenar que comporta diferentes ramos terapêuticos, entre eles: a Acupuntura e a Moxabustão, a Farmacopeia Chinesa, a Nutrição e Dietética Chinesa, a Massagem Terapêutica Chinesa (Tui Na) e o Qi Gong (exercício físico). Todos estes agem ao nível da prevenção e promoção da saúde e bem-estar, tendo eficácia em inúmeras patologias tanto de carácter físico como psíquico ou emocional. Isto acontece porque a MTC é uma terapia holística, isto é, ela avalia o indivíduo como um Todo, tendo em conta as suas debilidades físicas, psicológicas e emocionais, conseguindo-se assim a ligação entre estes três campos e, consequentemente, uma acção terapêutica muito completa e abrangente. No âmbito da MTC procura-se sempre encontrar a raiz do problema, em vez de tratar apenas o que está à superfície, ou seja, os sintomas que dele provêm.  


     A primeira consulta consiste num diagnóstico detalhado (anamnese), em que o terapeuta procura identificar quais os padrões energéticos afectados num dado paciente, de forma a escolher o tratamento mais adequado para cada caso clínico.

Aqui estão alguns exemplos das técnicas que podem ser utilizadas durante uma consulta de Medicina Tradicional Chinesa:  

-        Acupuntura: uso de agulhas em pontos específicos do corpo (meridianos energéticos) com efeito terapêutico.

-        Moxabustão: técnicas de calor (através da planta Artemisia vulgaris) em pontos específicos do corpo com efeito terapêutico.

-        Acupuntura com electroestimulação: colocação de estimulação eléctrica em agulhas colocadas nos pontos de acupuntura, de forma a tonificar ou criar analgesia.

-        Auriculoterapia: colocação de agulhas e/ou esferas no pavilhão auricular para estimulação de pontos reflexos.

-        Tui-Na: terapia manual vulgarmente conhecida como massagem chinesa que pode ser utilizada de forma isolada ou como complemento da acupuntura em vários tratamentos.

-        Ventosaterapia: uso de ventosas de vidro para efeitos terapêuticos (age ao nível da circulação sanguínea e linfática, remoção de toxinas, desbloqueio de estagnações que podem ser musculares, energéticas, etc.).

-        Reflexologia podal: acupressão e massagem na região podal e suas áreas reflexas.


     A Medicina Tradicional Chinesa é utilizada em diversas patologias, tais como:

-        Hérnias discais

-        Dores lombares / dorsais / cervicais

-        Dor ciática

-        Dores menstruais

-        Tendinites, artroses e outros problemas articulares

-        Distúrbios do sono (Insónias)

-        Depressão

-        Ansiedade

-        Ataques de pânico

-        Cefaleias / Enxaquecas

-        Distúrbios gastrointestinais ou digestivos

-        Distúrbios respiratórios e alergias

-        Consulta Anti-tabágica

-        Entre muitos outros  


No Fio de Ariana, o paciente poderá escolher entre estas três opções:

- Consulta de Medicina Tradicional Chinesa Neste caso será diagnosticado e acompanhado de uma forma holística através das técnicas acima referidas, podendo resolver vários problemas de saúde em simultâneo e melhorar bastante o funcionamento do seu metabolismo e da sua qualidade de vida.  

- Massagem terapêutica completa Receberá uma massagem terapêutica em todo o corpo, eliminando dores musculares e articulares, melhorando a circulação sanguínea e linfática e o funcionamento do metabolismo e, ao mesmo tempo, promovendo o relaxamento e bem-estar, aliviando tensões emocionais e stress.

- Massagem terapêutica parcial Terá os mesmos efeitos da massagem completa, mas a nível localizado. Pode ser uma massagem apenas às costas, ou à cabeça e pescoço, ou uma massagem drenante para pernas e pés cansados, por exemplo.  


Terapeuta de Medicina Tradicional Chinesa: Madalena Barbosa

 
                            




<< Voltar Imprimir