Intervenção Psicológica


A Ordem dos Psicólogos Portugueses, através do sítio "http://encontreumasaida.pt/" explica de que forma o psicólogo pode ajudar:  

«Os Psicólogos procuram compreender e melhorar o funcionamento das pessoas, dos seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. Podem trabalhar em diferentes contextos, como hospitais, clínicas, instituições sociais, escolas e universidades, prisões, empresas, lares ou centros de reabilitaçãoUm Psicólogo pode ajudar nas mais diferentes situações e problemas: - Quando temos de lidar com experiências de vida ou sentimentos difíceis, como o término de uma relação, a perda de alguém que amávamos ou sentimentos de medo, tristeza ou culpa; - Quando temos experiências ou situações dolorosas no nosso passado que interferem com a nossa vida e nos impedem de atingir os nossos objectivos; - Quando temos uma doença física que está a interferir com a nossa vida e a nossa saúde; - Ou quando nos sentimos sobrecarregados com o nosso trabalho, a educação dos nossos filhos ou o cuidar de um familiar doente ou idoso. Não é necessário ter um "problema" para procurar a ajuda de um Psicólogo. Um Psicólogo pode ajudar quando queremos construir uma boa auto-estima, alterar traços e características psicológicas em nós próprios ou simplesmente conhecermo-nos melhor. Ou quando temos um sentimento geral de que algo não está bem e queremos descobrir e criar significado para as nossas vidas. É claro que um Psicólogo também pode ajudar a resolver perturbações da saúde mental, como a depressão, a ansiedade, as fobias, a perturbação de pânico, as perturbações alimentares, os problemas relacionados com o stresse, os problemas nas relações com os outros, as adições ou as perturbações mentais graves. A acção dos Psicólogos inclui ainda: - A prevenção (do bullying na escola ou do stresse no local de trabalho, por exemplo); - A promoção de uma saúde positiva e do bem-estar mental; - A orientação vocacional e assegurar que os alunos são ensinados de modo eficaz; - Aumentar a nossa satisfação e produtividade no trabalho, assim como melhorar o funcionamento das organizações; - Ajudar as pessoas a prepararem-se para uma cirurgia ou a adaptarem-se a um problema médico ou a lidar com as exigências emocionais e sociais de um determinado tratamento; - Ajudar atletas, artistas ou executivos a melhorar o seudesempenho e a diminuir a ansiedade; - Colaborar com os tribunais em diferentes procedimentos legais, por exemplo prestar consultadoria em casos de assédio sexual, divórcio ou custódia parental. - Um Psicólogo pode ajudar qualquer pessoa – um executivo de uma grande empresa, um estudante ou um desempregado; crianças, adolescentes, adultos ou idosos; pessoas saudáveis ou que sofram de uma doença incapacitante ou até terminal; homens e mulheres de qualquer raça ou religião. Todos nós, por diferentes motivos e em diferentes momentos da nossa vida podemos beneficiar da ajuda de um Psicólogo. De um Psicólogo podemos esperar que nos respeite e nos proporcione um ambiente seguro, de confiança e privacidade para explorarmos os nossos problemas e sentimentos. Um Psicólogo desenvolve connosco um esforço colaborativo, para nos ajudar a pensar de forma mais clara e flexível e resolver as nossas dificuldades.»  

N'O Fio de Ariana, dentro do princípio do ecletismo que orienta a ação da Cooperativa, trabalham vários psicólogos, todos eles inscritos na Ordem dos Psicólogos Portugueses, com formação diversificada, que desenvolvem várias modalidades de intervenção psicológica, nomeadamente:
- psicologia clínica;
- psicodrama psicanalítico;
- avaliação psicológica;
- psicologia da educação;
- psicologia do desporto e da atividade física.

Os psicólogos d'O Fio de Ariana trabalham no âmbito de equipas multidisciplinares, colaborando também no desenvolvimento de outros projetos/serviços como: - grupos de vida social apoiada; - clubes de apoio à inclusão; - mediador nas matrizes dos alunos CEI no ensino secundário; - oficinas e programas de férias.

OS NOSSOS PSICÓLOGOS:
Alexandra Alves;
- Ana Fortes;
- Ana Rita Amado;
- Diane Gouveia;
- Margarida Domingues;
- Elisa Veiga;
- Patrícia Cardoso;
- Pedro Capela;
- Samanta Magalhães;




<< Voltar Imprimir